21 de jul de 2017

Técnico do Santos, Caio Couto vê campeonato brasileiro feminino como vitrine para a seleção.

Campeão do Brasileiro Feminino A-1 com o Santos, Caio Couto tem muito o que comemorar. Além de garantir o título inédito sob o comando do time santista, o treinador fala com orgulho da evolução das jogadoras que brilharam na competição e acabaram ganhando chances com a técnica Emily Lima na Seleção Brasileira.
– O campeonato está diretamente ligado ao crescimento delas e à convocação. Elas fazem jogos de alto nível aqui. O que faz com que a Emily, através do seu staff ou dela mesmo quando vai aos jogos, possa ter maior certeza nas suas convocações. Essas três atletas que foram convocadas agora foram merecedoras e cremos que irão ajudar o Brasil a fazer um bom papel no torneio – disse Caio.
As jogadoras que o treinador se refere são a goleira Dani Neuhaus e as meias Maurine e Maria, convocadas para o Torneio das Nações com a Seleção Brasileira Feminina entre os dias 27 de julho e 3 de agosto. Além do Brasil, a competição conta com Japão, Estados Unidos e Austrália. 
Ainda ressaltando a importância do Brasileiro Feminino como vitrine das jogadoras para a Seleção, o técnico comemorou o novo formato de disputa da competição. Neste ano, a edição passou a contar com duas divisões e 12 times a mais – agora são 32 clubes disputando as Séries A-1 e A-2.
– O novo modelo é muito bom, ficamos felizes. Como entendemos que o crescimento do futebol feminino brasileiro passa por competições qualificadas, uma competição como essa acaba ajudando a própria Seleção Brasileira para ter atletas mais qualificadas, experimentadas para representar o nosso país.
Caio Couto foi campeão com o Santos na última quinta-feira (20), na Arena Barueri. Após vencerem a ida por 2 a 0, as Sereias da Vila derrotaram o Corinthians por 1 a 0 e garantiram o título.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário