18 de mai de 2017

E afinal, quem passa entre São Benedito (RG) e Vidraçaria Souza, na copa Gustavo Alves?

Rio Grande - São Benedito e 25 de março clássico local no municio de Rafael Fernandes (Foto Aldeir Torres Sport)
A Vidraçaria Souza vem de três desclassificação nos torneios anteriores de futebol míni campo para a forte equipe do Rio Grande (São Benedito). Rio Grande 5 x 0 Vidraçaria no campeonato do Encanto. Rio Grande 3 x 2 Vidraçaria Souza nos Barracos no ano passado fase de grupo, que a Vidraçaria, voltou num sorteio e se tornou campeão. Rio Grande 3 x 1 Vidraçaria Souza no míni campo de Josathan, (Fase de grupos) que encaminhou o Rio Grande a conquistar o título da competição. Apesar desta superação do Rio Grande sobre a Vidraçaria no clássico dos dois clubes pauferrenses. 

A Vidraçaria Souza, precisa vencer para parar a sequência de vitorias do adversário para chegar a terceira final consecutiva  (Foto Aldeir Torres Sport)
Talvez essa sequência de vitorias, seja o combustível necessário que a Vidraçaria Souza precise para tentar quebrar essa sequência de vitorias do clube do bairro São Benedito. E não podemos esquecer que o Rio Grande busca um título inédito nesta copa Gustavo Alves, que ainda não conquistou e a Vidraçaria Souza já os tem. Só para os amigos leitores ter uma noção do tamanho equilíbrio entre essas duas instituições. Na competição a Vidraçaria Souza leva a melhor contra seu adversário. São doze (12) pontos conquistados contra onze (11) do Rio Grande, claro contando com o ponto na vitória nos pênaltis contra a equipe do Juventude da Serra. É difícil fazer um diagnóstico deste jogo nesta competição devido ao tamanho equilíbrio, e qualidade dos dois clubes. Só para vocês amigos internautas ter uma ideia do que eu estou falando (Escrevendo), os dois clubes têm uma boa linha de zagueiros, volante, além de bons laterais. Com ambos boa saída de bola, e com característica de esperar seus adversários saindo pro ataque com muita precisão em busca dos gols pelo ótimo material humano que tem as duas instituições neste evento. 

Rio Grande, só precisa manter a escrita contra seu arco rival para continuar em busca do titulo inédito  da Copa Gustavo Alves 2017 (Foto Aldeir Torres Sport)
Não podemos esquecer que a pergunta que está no ar: Fica por conta de como volta o artilheiro Renato Castro, será o Renato artilheiro que estar sendo nesta competição? Ou será o Renato Castro que nem entrou em campo, e teve que ser substituído porque voltou a sentir a contusão? Na verdade, a Vidraçaria quer dá o troco no Rio Grande por ter sido eliminado em três competições diferentes, e essas eliminações, acredito que esteja entalado na garganta de alguns jogadores e diretoria do clube. 
A equipe do Rio Grande pretende continuar com essa sequência de vitórias contra seu arco rival “hoje” Vidraçaria Souza para buscar a conquista inédita desta IV Copa Gustavo Alves 2017. Além de uma melhora elevada no ranking do futebol amador da copa, coisa que a Vidraçaria Souza já os tem. É isso aí! Até o fim de semana com a semifinal, e espero com dois grandes jogos de futebol que é o que todos nós esperamos. E afinal, quem passa entre Rio Grande e Vidraçaria Souza na copa Gustavo Alves, alguém sabe me responder?
Texto e edição - Aldeir Torres Sport
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário