19 de out de 2016

Confira a entrevista realizada com a atleta Vitória Brenna do Futsal Feminino


Aldeir Torres - De Antemão quero agradecer por participar do nosso quadro que hoje tem honra de receber uma mulher. Agora quero que você me explique como começou essa paixão pelo futsal feminino.

Vitória BrennaEu que agradeço o convite de participar, será um prazer. Na verdade, desde muito pequena sempre acompanhei jogos pela televisão, com 7 anos de idade eu juntava com as outras crianças da rua e  passamos a brincar, as traves eram feitas de pedra e quando não tínhamos bola que sempre furava, usávamos um litro de refrigerante. Eu era a única menina dali, Minha família nunca se incomodou com isso, Mas muitos vizinhos sempre criticavam o fato de apenas eu está no meio deles. Depois, passei a fazer educação física e com 14 anos a professora Gardênia me convidou para treinar na equipe aberto da Serrinha. Confesso que foi uma das maiores alegrias da minha vida e assim me formei na equipe até hoje.

Aldeir Torres - Suas relações dentro e fora de quadra.

Vitória Brenna - Minha relação com meus amigos é boa não costumo discutir em quadra. Fora dela tenho quase o mesmo comportamento rs. Minha família também sempre me apoiou, tenho a melhor mãe do mundo que sempre procurou me ajudar.

Aldeir Torres  Em Agosto você participou do 2° Torneio Intermunicipal feminino em Mossoró na qual a sua equipe foi campeão. Agora explica pra gente como foi essa competição pra você, como se deu o desenvolvimento da equipe.

Vitória Brenna A equipe do Potiguar é completa e conta com Grandes jogadoras da região e foi merecida a vitória de forma invicta. O nível do torneio comparando com outros era maior com o decorrer dos jogos conseguimos nos entrosar mais facilitando o progresso da equipe na competição. Vale ressaltar que a final foi contra outra equipe de Mossoró, também era completa e com grandes jogadoras, foi um grande jogo onde começamos ganhando, mas a equipe talvez por cansaço tomou o empate e nos pênaltis conseguimos ganhar com defesa da nossa Goleira, que para mim, a melhor região.
Aproveito a oportunidade e agradeço ao professor Gean, treinador da equipe, pelo convite de fazer parte da equipe, pela confiança e acreditar em mim, poderá sempre contar comigo, é um prazer aprender sempre mais.

Aldeir Torres Em sua opinião, quais são os principais motivos que fazem o futsal feminino não ‘’decolar’’ em nossa região.

Vitória Brenna Bom, mesmo que hoje em dia o fato das mulheres terem conseguido melhor na sociedade com o passar dos anos Não acabou o "Machismo" de muitos, ainda existem pessoas que acham o futsal ser restrito a homens, eu por muitas vezes nos jogos sempre percebo, ao acompanha ambas as categorias, e vejo a diferença no qual se remete ao público. Em algumas cidades é pequeno o número de pessoas que assistem a competições femininas, haja vista que se tratar do masculino o número dobra.

Aldeir Torres Você já sofreu algum tipo de preconceito por praticar esse esporte.

Vitória Brenna Não. Nunca, graças a Deus sempre fui aceita pelas pessoas. Eu sempre me comportei como mulher, seja dentro ou fora de quadra eu sou a mesma pessoa. Penso que isso influencia na opinião para ambos, a esse respeito. Acredito que muitos não entendem, e até me perguntam o porquê disso, o que eu ganho, de que vale cair se machucar, as pernas ficarem cheios de ronchas etc. Minha resposta é sempre a mesma, A melhor coisa do mundo é jogar bola, não há como amar uma coisa q te faz tão bem.

Aldeir Torres  Sabemos da sua contribuição com a equipe Sub 20 da sua cidade ‘’Serrinha dos Pintos’’ Conte para os nossos leitores como é sua relação com os atletas da equipe. 

Vitória Brenna A equipe sub 20 de Serrinha, a maioria deles moram em outras cidades, acompanho a equipe nos campeonatos, ajudo ma maneira q possosempre me dei bem com todos eles, procurei em muitas oportunidades, ser correta e coerente, contrariando a opinião de  alguns, que por n entenderem ficam chateados. Mas o futsal é assim, não tem como agradar à todos. Ou é p ganhar ou pra agradar. E pra mim, resultado é o principal.

Aldeir Torres Você tem conhecimento da 1° Liga Oestana de Futsal feminino que vai acontecer no ano de 2017, o mesmo é organizado por duas pessoas que são das cidades de Apodi e Felipe Guerra. Essa liga conta com a participação de várias equipes da nossa região. No seu ponto de vista isso pode contribuir com o esporte feminino que anda meio apagado. 

Vitória Brenna Sim. ouvi falar da competição achei muito interessante, e sem dúvidas vai ajudar a categoria na região. São poucos e quase nada dos campeonatos na região, somente torneios. Sem dúvidas, o campeonato terá uma inovação quanto aos confrontos que são tradicionalmente conhecidos.

Aldeir Torres  Dentro de inúmeros campeonatos que você já conquistou qual você considera o mais importante.

 Vitória Brenna Pra mim, toda e qualquer conquista e competição tem sua importância. Mas a que eu gostaria de destacar foi o título em São Miguel no ano passado pela equipe de Antônio Martins, por vários motivos dentre eles as dificuldades que enfrentamos para participar com a falta de transporte, o nível de lá era alto, equipes também do Ceará. Conseguimos a vitória nos pênaltis contra a equipe do Ererê, Ce.

Aldeir Torres  Vitoria Brenna Sonha em ser atleta profissional. .

Vitória Brenna Na verdade, Todos nós lá dentro temos uma vontade de sempre nos superarmos e marcar nossa passagem aqui na terra. Seja de uma forma ou de outra. Eu particularmente, não tenho um sonho restrito a isso, eu amo o que eu faço assim, mesmo amadora. E me sinto bem desse jeito. Eu estudo e pretendo futuramente exercer minha profissão de ser professora de Inglês. Mas de forma alguma, abandonar o futsal.

Aldeir Torres  Qual a sua maior fonte de inspiração.

Vitória Brenna Não tenho nenhuma de inspiração,. Eu procuro jogar da maneira que sei. Como eu gosto e como me ensinaram. Mas se é de falar em alguém que eu admiro no futebol. Eu acho lindo e sou eternamente fã de Cristiano Ronaldo rsrs.

Aldeir Torres -  Há que você atribuiu todo o seu desenvolvimento no futsal.

Vitória Brenna Bom, todos nós somos merecedores de tudo que Deus nos proporciona, eu acredito muito na força de vontade e no merecimento para tal. Eu gostaria de citar o nome de uma pessoa que eu muito admirava que não está mas em nosso meio, Clementino, que  acompanhou a nossa equipe durante alguns anos, e particularmente sempre conversamos e ele sempre me deu forças e me elogiava, de uma forma que eu via dentro dele a satisfação que ele tinha. Minha eterna gratidão. A Milanez Fernandes, agradecer a ela a confiança e o primeiro convite que recebi para jogar por outra cidade.
Eu atribuo todas as minhas conquistas no futsal a pessoa de Aristides, treinador da equipe de Serrinha, que confiou e acreditou em mim, me deu oportunidade, buscou meu melhor, feito com que eu crescesse. Com toda sua sabedoria, passou pra mim muitas coisas e que eu jamais irei esquecer, e procuro sempre por em prática , seus ensinamentos de forma alguma foram em vão. Sei que todas as reclamações, elogios, discussões foi para minha evolução. Não só a mim como toda a equipe feminina de Serrinha dos Pintos, o nosso Obrigado!

Aldeir Torres  Qual o seu time do coração.

Vitória Brenna Real Madrid

Aldeir Torres O que podemos esperar de você para o próximo ano.

Vitória Brenna Se Deus quiser tudo continuar como está, devo participar pela primeira vez do campeonato do Seridozão em Janeiro.  Com o apoio de pessoas influentes que acompanham e acreditam em mim...

Aldeir Torres  Deixe um recado para os admiradores do seu futsal.

Vitória Brenna Aos admiradores do futsal, eu deixo aqui o meu abraço, e meus parabéns a quem trabalha pelo esporte, que engrandecem e fazem por onde o futsal desenvolver. As autoridades que prezam o esporte, peço mais apoio seja ao feminino e masculino. À  todos nós que somos apaixonados pelo futsal, que Jesus Abençoe grandemente cada um nós. Afinal, somos todos uma família!
Fonte - EsporteEmPratica
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário