2 de out de 2015

Vasco entra em contagem regressiva para fugir da Série B

Eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil para o São Paulo, o Vasco volta as atenções para o Brasileirão, onde luta para continuar na primeira divisão. O Vasco está com 26 pontos, cinco atrás do Goiás, o primeiro time fora da zona de rebaixamento. São quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos e caso mantenha o aproveitamento positivo no restante do segundo turno o time carioca garante a permanência na Série A. O primeiro confronto decisivo é contra o Avaí, no próximo domingo (4) na Ressacada, em Florianópolis. Para esta partida, o técnico Jorginho terá o desfalque de Luan, suspenso com terceiro cartão amarelo. O companheiro de Rodrigo na zaga deve ser definido entre os zagueiros Anderson Salles e Jomar, que jogaram na Copa do Brasil.
Outro jogador que pode ficar fora da partida é o atacante Rafael Silva (Foto), suspenso pelo STJD por quatro jogos após ofender o árbitro na derrota para o Atlético-MG. Após esta partida, o Vasco terá um longo período sem jogos oficiais, visto que o Campeonato Brasileiro para pelos compromissos da seleção brasileira nas Eliminatórias para Copa do Mundo da Rússia.
O Vasco retorna ao Maracanã para um confronto direto contra a Chapecoense. O time catarinense está em 17º lugar e abre a zona de rebaixamento, mas pode sair da incômoda posição já na próxima rodada caso vença o Palmeiras no domingo (4). No entanto, o principal desafio para o Vasco está nos cinco jogos que integram uma sequência contra times que disputam a vaga na Libertadores. São eles: São Paulo, Grêmio, Fluminense, Palmeiras e Corinthians. Os resultados deste período serão determinantes no futuro do Vasco. Na fase final do campeonato, entre novembro e dezembro, os adversários do Vasco são Joinville, Santos e Atlético-PR. Vasco disputou duas vezes a Série B nos últimos dez anos, em 2009, sob o comando de Dorival Jr, e 2014, quando Adilson Batista e Joel Santana trabalharam no elenco. Em ambas oportunidades o time cruzmaltino conseguiu acesso à elite do futebol brasileiro no ano seguinte.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário