23 de set de 2015

Calor faz time maranhense passar mal e jogo é interrompido em Teresina

Oito atletas do Esporte Clube Viana (MA) passaram mal na tarde desta quarta-feira (23), em partida contra o Tiradentes (PI), válida pelo Campeonato Brasileiro Feminino de Futebol. A partida iniciou às 15 horas, e a suspeita é que a alta temperatura tenha provocado as enfermidades nas jogadoras. Seis delas precisaram ser levadas para o Hospital de Urgência de Teresina Professor Zenon Rocha (HUT). A primeira atleta a se sentir mal foi a goleira Del, aos 6 minutos do primeiro tempo. Ela chegou a vomitar em campo, além de ter apresentado um pico de pressão. Ao longo da partida, outras sete atletas apresentaram indisposições, inclusive a preparadora física do clube maranhense.
À medida que as jogadoras do Viana passavam mal, o técnico ia colocando as reservas em campo. Quando foi atingido o limite de três substituições, e outras atletas passaram mal, o time passou a ficar desfalcado diante do Tiradentes, facilitando ainda mais a atuação do clube local, que goleou por 10 a 0.
O jogo teve início sem a presença de uma ambulância, requisito indispensável em partidas de futebol oficiais. A equipe de atendimento médico de urgência só chegou ao local cerca de cinco minutos depois de a primeira atleta se sentir mal. Por conta do reduzido número de jogadoras do Viana, o juiz precisou encerrar a partida aos 35 minutos do segundo tempo, confirmando a vitória do Tiradentes. O técnico do Viana criticou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pelo horário escolhido para a partida, às 15 horas, quando a capital piauiense atinge seu pico de temperatura. Segundo ele, a equipe maranhense chegou a Teresina na manhã desta quarta-feira, e não teve tempo sequer de fazer o reconhecimento do campo. Além disso, as jogadoras almoçaram poucas horas antes da partida.
"Tem que ser revisto isso aí. É por isso que o futebol feminino não vai pra frente, porque esse tipo de situação acontece e ninguém faz nada, ninguém diz nada, ninguém reivindica nada", lamentou o técnico.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário