8 de set de 2014

Aldeir Torres - Paulo Roberto Costa.

Ex-diretor da Petrobras denuncia 62 políticos por desvios de recursos.


Ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa denunciou 62 políticos de três partidos em delação premiada que trata de supostas irregularidades cometidas na estatal. Preso em Curitiba (PR) o ex-diretor teria apresentado detalhes de ume esquema onde os políticos citados recebiam 3% no valor dos contratos da Petrobras no período em que o mesmo era diretor de distribuição da estatal, entre 2004 e 2012. A lista envolve 49 deputados federais 12 senadores e um governador ligados ao PMDB, PP e PT. Os detalhes foram externados em reportagem do jornal Folha de S.Paulo que não divulgou os nomes dos parlamentares denunciados.



Segundo a reportagem do jornal paulista, o depoimento chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que o ministro Teori Zavascki homologue o acordo das delação premiada que concederá redução de pena a partir da facilitação das investigações do suposto esquema de desvios. Costa teria decidido apresentar detalhes dos desvios no último dia 22 após a Polícia Federal apreender documentos em empresas de familiares que comprovam a existência de contas do ex-diretor no exterior.Roberto Costa estaria em pânico diante do risco de ser condenado a 30 anos de prisão. O ex-diretor foi o responsável pela obra mais cara da estatal, a construção da refinaria de Abreu e Lima que custou cerca de R$ 40 bilhões. Fonte - omossoroense.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário