14 de ago de 2014

Aldeir Torres - Flamengo.

A Camisa 12


“Eu juro que no pior momento vou te apoiar até o final“, cantou a torcida do Flamengo no Maracanã. E foi no final que, depois desse apoio incondicional, saiu o gol da vitória sobre o Sport: 1 a 0. É de “goleadas” assim que o Flamengo precisa para se manter na primeira divisão. O time ainda não adquiriu um padrão de jogo sequer aceitável. Não tem nem mesmo uma formação principal, pois Luxemburgo faz testes, avalia rendimento dos jogadores. Tecnicamente Eduardo da Silva já provou que tem que ser titular, mas carece de melhor condição física. Mugni também mostra ser melhor que os concorrentes de meio-campo, mas precisa participar mais da marcação. Enquanto isso, o Flamengo vai jogando com 12 – a torcida – para vencer os jogos em casa. Nas contas de Luxa se ganhar 50% dos pontos (ou seja, vencer todos os jogos no Maracanã) o Flamengo se salva. E este será o seu campeonato daqui até o fim do ano.



A torcida do Flamengo quer mais. Quer um time vibrante, guerreiro, sim, mas também quer ver jogadores de qualidade envergando a camisa que já foi vestida por Zico, Leandro, Júnior e, mais recentemente, Petkovic. A diretoria não acena com bravatas, contratações mirabolantes, vai manter a política de austeridade. O torcedor vai ter que esperar. E cantar “vou te apoiar até o final“.

Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário