22 de jul de 2014

Aldeir Torres - Robinho no Santos e nos EUA.

 Vale a aposta?


O futebol dos Estados Unidos ajuda a reforçar o futebol brasileiro. Pelo menos foi assim com Kaká, contratado pelo Orlando City e emprestado ao São Paulo até dezembro, e poderá acontecer o mesmo com Robinho que faria praticamente o mesmo itinerário saindo de Milão e fazendo uma escala brasileira antes de pousar na Flórida. A diferença é que Robinho deverá ser jogador do Santos. É o que afirmou à Rádio Globo o dono do Orlando City, Flavio Augusto da Silva.


Flavio Augusto busca bons jogadores e boas marcas para sua equipe que jogará a partir de março a MLS (liga norte-americana). Tática parecida com a do Los Angeles Galaxy que havia levado David Beckham ou a de Xavi, Lampard e Henry que jogarão no New York City. Flavio aposta nos brasileiros e, segundo ele, Robinho está muito próximo de ser sua segunda estrela. “Ele deve ser contratado nos mesmo moldes do Kaká, acho que em 10 dias a situação dele deve ser resolvida”. Como a temporada norte-americana só terá início em março, Robinho será então ser emprestado a um clube brasileiro. “Se for depender da vontade dele, ele jogará no Santos até o final do ano. Por mim, valerá sempre a vontade do jogador, mas existem questões financeiras e existem outros clubes interessados”, disse Flavio Augusto.


Robinho não irá viajar com o Milan para amistosos de pré-temporada e o acerto parece apenas questão de tempo. O jogador que não se confirmou como um dos melhores do mundo, já demonstra queda de rendimento como se vê no quadro abaixo (para ver os números completos de Robinho acesse o FutDados). Nas últimas três temporadas pelo Milan, apenas 17 gols em 98 jogos. Média de 0,2. Muito baixa para um atacante.


Robinho tem se destacado por brincadeiras em redes sociais. Poderia se sentir mais a vontade em Santos, de volta à casa, ou no futebol ainda em desenvolvimento dos Estados Unidos. Porém a aposta por ele é arriscada. Seja para o Santos ou para as ambições do Orlando City.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário