16 de jul de 2014

Aldeir Torres - Campeonato brasileiro. Série B.

América consegue virada


Se na Copa do Mundo, a Arena das Dunas não ficou marcada pela grande quantidade de gols nas partidas que sediou do Mundial, apenas cinco em quatro jogos, América e Bragantino trataram de desfazer essa máxima e fizeram um jogo bastante movimentado na noite dessa terça-feira, no retorno da disputa da série B do Brasileiro. E a equipe potiguar saiu vencedora do encontro, derrotando os paulistas por 4x2, com dois gols de Max e Wanderson e Pimpão marcando os outros, enquanto Guilherme e Léo Jaime marcaram para os visitantes. Com o resultado, o alvirrubro subiu duas posições e aparece na nona colocação, com 16 pontos. O próximo adversário do América vai ser o Vasco da Gama, sábado, em São Januário.

Não deu nem tempo da torcida americana se sentar nas cadeiras da Arena das Dunas e o Bragantino marcou seu primeiro gol. Logo aos dois minutos, o zagueiro Guilherme aproveitou bola levantada na área, subiu mais que toda a defesa alvirrubra e cabeceou para o chão. O goleiro Fernando Henrique não conseguiu impedir que a bola balançasse as redes rubras. O América nem bem sentiu o gol e já empatou a partida, quatro minutos depois. Artur Maia tocou para Fabinho, que entrou na área e tocou por cima do goleiro Renan. A bola sobrou livre, para Max, na pequena área, apenas tocar para o fundo do gol.

Mas, quem esperava que os donos da casa crescessem dentro de campo, se enganou. O camisa 10 Artur Maia voltou a sentir a lesão no pé direito e teve que deixar o jogo. Com isso, o time rubro perdeu a criatividade no setor ofensivo.

Já o Bragantino era melhor em campo e chegava com mais força no ataque. E marcou seusegundo gol aos 20 minutos. Léo Jaime cobrou falta da esquerda, Fernando Henrique se atrapalhou com a bola e acabou falhando, sofrendo o segundo gol da equipe paulista.

Na volta do intervalo, o técnico americano, Oliveira Canindé, colocou o experiente Morais, na vaga de Jean Cléber, para dar mais força ofensiva. E a substituição deu certo. Aos 10 minutos, o jogador invadiu a área e foi derrubado por Renan. Pênalti marcado pelo árbitro Pablo dos Santos. Max cobrou com categoria e empatou a partida.

Melhor em campo, o América foi atrás do gol da virada e vitória e conseguiu depois de um lance polêmico. Aos 20 minutos, Morais reclamou de pênalti, a bola seguiu em jogo e acabou sobrando para Wanderson, invadir a área pela esquerda e chutar forte, rasteiro, para virar o placar. Já nos acréscimos, Jéferson lançou Fabinho na direita, o volante tocou por cima do goleiro e Rodrigo Pimpão chegou para cabecear e definir o placar.

 “Começamos tenso no jogo, sofrendo o gol e graças a Deus conseguimos virar o jogo e sair de campo vencedor”, disse o atacante Max, ao término da partida.


Luverdense passa pelo ABC no Mato Grosso. 


O ABC até chegou a equilibrar a partida, mas a Luverdense fez valer o seu excelente aproveitamento como mandante e bateu o time potiguar por 3 a 1, no estádio Passo das Emas, em Lucas de Rio Verde/MT. A equipe da casa ainda não perdeu pontos como mandante. Todos os gols da partida foram marcados na segunda etapa, com Misael (2) e Washington para os mato-grossenses. Rodrigo Silva descontou para o alvinegro. O terceiro gol foi de pênalti, que ocasionou a expulsão do goleiro Gilvan do ABC, aos 37 minutos, a equipe teve de acabar a partida com o atacante Lúcio Flávio atuando improvisado na posição. 

Com uma forte marcação, o ABC conseguiu segurar o empate durante toda primeira etapa. A equipe sofreu apenas um grande susto, quando Misael aproveitou um cruzamento da direita e quase marcou um golaço, de letra. Mas o alvinegro rondou com mais perigo a área adversária, criando três boas oportunidades. 

No segundo tempo o jogo foi mais movimentado, a Luverdense abriu o placar logo aos cinco minutos, quando Misael recebeu passe na área, pela direita, driblou Samuel e tocou no canto de Gilvan, que nada pôde fazer. A resposta alvinegra ocorreu na sequência, quando Renato arrancou pela direita, cruzou e viu o oportunista Rodrigo Silva se esticando todo para desviar a bola para o fundo da rede. 


A partida voltou a ficar equilibrada até os 16 minutos, quando Misael em nova jogada individual, passou por dois marcadores e deu um belo passe para Washington, bater forte e recolocar a Luverdense em vantagem novamente. A partir dai Zé Teodoro fez alterações e mandou o time para frente, só que numa escapada de Washington, o jogador da Luverdense invadiu a área e quando passou a bola, foi atingido por Gilvan, que acabou expulso por cometer o pênalti. Misael bateu e converteu, garantindo mais três pontos para a equipe da casa.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário