25 de jul de 2014

Aldeir Torres - Aposentados

Primeira parcela do 13º salário começa a ser paga hoje (25) sexta pelo INSS


Serão injetados na economia potiguar R$ 594,5 milhões. O valor inclui a 1ª parcela do 13º salário e representa um acréscimo de R$ 198 milhões ao montante pago no mês de junho. Começa hoje sexta feira (25), o pagamento de R$ 594,5 milhões a 536.150 aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Rio Grande do Norte, referente a folha de pagamento do mês de julho. O valor inclui a 1ª parcela do 13º salário e representa um acréscimo de R$ 198 milhões ao montante pago no mês de junho. No próximo dia 25, recebem os beneficiários que ganham salário mínimo e com o número do benefício terminado em 1. Na segunda – feira ( 28), recebem os benefícios com final 2, e assim sucessivamente até o dia 7 de agosto, quando será a vez dos benefícios com final zero. Já os benefícios acima do salário mínimo, começarão a ser depositados no dia 1º de agosto, final 1 e 6, prosseguindo até o próximo dia 7 de agosto, quando serão pagos os benefícios com final cinco e zero.


O décimo terceiro salário é pago a todos os beneficiários da Previdência Social. A única exceção, são as pessoas que recebem os chamados benefícios assistenciais previstos na Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS), os Amparos Assistenciais ao Idoso e aos portadores de deficiência, não fazem jus ao pagamento do décimo terceiro salário. Os beneficiários do auxílio-doença, recebem o salário extra, proporcional aos meses que ficarem afastados do trabalho. A primeira parcela do décimo terceiro de aposentados e pensionistas da Previdência Social, é isenta do desconto de imposto de renda, que será descontado no pagamento da segunda parcela, previsto para o início de dezembro.


Economia 

O dinheiro dos benefícios pagos pela Previdência Social é fundamental para a economia de milhares de municípios brasileiros, e em sua maioria, se transforma na principal fonte de receita para o comércio. No Rio Grande do Norte, a maioria dos 167 municípios tem sua economia baseada nos benefícios pagos pelo INSS, e são os aposentados e pensionistas que sustentam o movimento no comércio dessas cidades.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário