4 de set de 2013

Aldeir Tôrres - Série B

América sai da zona se vencer o Oeste em São Paulo
O América depende apenas de si para fechar o primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro longe da zona de rebaixamento. Sem cálculos exaustivos ou dor de cabeça desnecessária para torcedor e comissão técnica, a receita é a mais básica do futebol: vencer. O Dragão precisa bater o Oeste, em Itápolis, hoje e com isso passará o adversário na tabela de pontos, deixando o Z-4, independente dos outros resultados da rodada.

O Alvirrubro atualmente está na 17ª colocação da Segundona, com 18 pontos conquistados. O Oeste está duas posições acima e tem 19. Por isso, uma vitória diante do time paulista o joga para trás na tabela de classificação. O clube, inclusive, tem grandes chances – caso saia derrotado – de entrar na zona da degola, já que apenas o Guaratinguetá o separa do América.

Por outro lado, se o resultado acontecer, uma coisa é certa: o Dragão deixa o Z-4, onde está desde a quarta rodada da competição, quando ainda era treinado por Roberto Fernandes. Para isso, o técnico Pintado terá que provar que toda euforia da torcida após a vitória diante do São Caetano no sábado e o “efeito Goianinha” dessa semana – que mudou o semblante do time - ainda podem servir de motivação.

Parece que de fato o estádio Nazarenão dá sorte ao clube. O Alvirrubro venceu o Azulão dentro de casa, após desperdiçar duas chances seguidas no estádio Barretão, em Ceará-Mirim, quando já poderia ter saído da zona da degola. Dessa vez o desafio é fora de casa, o que não parece - nem de longe - missão impossível, já que o Oeste segue em queda livre na Segundona.

O time de Itápolis vem de três derrotas seguidas e venceu apenas um jogo nas últimas sete rodadas, o que culminou com a demissão de dois treinadores: Roberto Cavalo e Edison Só. Nas mãos de Ivan Baitello desde a rodada passada, quando foi derrotado por 4 a 0 pelo Atlético-GO, o Rubro-Negro tenta ganhar pela primeira vez.

Situação inversa à que acontece com o América do técnico Pintado, que estreou com vitória no comando do time. O Dragão, inclusive, passava por situação semelhante e não vencia há seis jogos antes da rodada passada.

Pelo bom resultado, por sinal, o treinador deve manter a escalação que iniciou o jogo diante do São Caetano no sábado, novamente contra o Oeste, com o meia Vinícius Pacheco como titular. O único desfalque será o volante Márcio Passos, que recebeu o terceiro cartão amarelo.

Sem mistério, Pintado já anunciou que a maior possibilidade é de que o volante Daniel Amora comece a partida ao lado de Ricardo Baiano e Fabinho no meio de campo.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário