21 de set de 2013

Aldeir Tôrres - Reajuste

Possibilidade de aumento do preço da gasolina desagrada consumidores

O preço da gasolina deve passar por um reajuste. A perspectiva é de que a alteração ocorra até o dia 21 do próximo mês. O percentual de aumento está previsto em 8% nas refinarias e um pouco menos nas bombas.

A possibilidade de aumento desagrada os proprietários de veículos, como é o caso do mototaxista Flaviano Oliveira. "Eu acho um absurdo", diz ele, lembrando que em Mossoró o preço cobrado pelo litro combustível se aproxima dos R$ 3,00. Por semana, ele abastece cerca de 14 vezes

"Receber uma notícia dessas a gente não gosta, não", diz Conceição Xavier, que paga, em média, R$ 2,97 pela gasolina comum.

O taxista Francisco Barbosa é outro consumidor insatisfeito com o preço. Devido o valor elevado cobrado pelo combustível, ele buscou uma segunda alternativa e adaptou o seu veículo para funcionar também com o Gás Natural Veicular (GNV), mesmo assim, quando viaja abastece com gasolina.

Mas, apesar do preço elevado do combustível na cidade, os consumidores admitem não pesquisar antes de escolher o local para abastecer. Flaviano Oliveira comenta que abastece no local mais próximo e não pergunta o preço na hora de colocar gasolina, pedindo apenas para que o frentista coloque o valor de R$ 15,00 ou R$ 20,00.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário