6 de set de 2013

Aldeir Tôrres - Destaque

"Chegaaa!" fará caminhada pedindo paz na programação do 7 de Setembro
O Movimento "Chegaaa! Paz Mossoró" promove amanhã, 7 de setembro, mais uma ação pelas ruas da cidade. Desta vez, o grupo surgido nas redes sociais participará das atividades relacionadas ao feriado da Independência do Brasil, realizando o "Grito pela Paz", com o intuito de chamar a atenção da sociedade e do poder público para a crescente onda de violência que assusta os mossoroenses.

A concentração do "Grito" será a partir das 7h, em frente ao Ginásio Poliesportivo Engenheiro Pedro Ciarlini. "Iremos sair em passeata logo após o desfile cívico-militar, junto ao 'Grito dos Excluídos'. A população precisa se mobilizar, se unir a outros segmentos para cobrar uma solução, precisamos de uma resposta", destaca Herbênia Ferreira, integrante do Movimento "Chegaaa!".

Ao longo da semana, os organizadores do "Grito pela Paz" visitaram escolas, famílias que foram vítimas da violência em Mossoró, convidando-as para participar da mobilização que será realizada amanhã. "Hoje (ontem) mesmo visitamos uma escola no Sumaré, promovendo um debate sobre violência e a cultura da paz. Durante a semana, também fomos até a casa de famílias que sofreram com essa onda de violência sem fim, chamando a todos para estarem presentes em nossa luta", diz Herbênia Ferreira.

Entre as ações sugeridas pelos membros do grupo "Chegaaa", está o aumento do contingente da Polícia Civil e reestruturação das delegacias, dotando-as de tecnologia para os investigadores trabalharem na elucidação dos crimes; aumento do contingente do Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep), reestruturando suas estruturas físicas e de pessoal; ampliação do número de policiais militares nas ruas, construção de novos batalhões, de escolas em locais amplos e bem estruturadas com aparelhos de esportes, bibliotecas e espaços adequados para atividades culturais, entre outras.
"Hoje a segurança pública está esfacelada, e quando se fala em violência, é preciso também entender que outros setores precisam estar estruturados para combatê-la, como a saúde, educação, cultura, esporte, lazer, é um conjunto de ações", conclui Herbênia Ferreira.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário