20 de set de 2013

Aldeir Tôrres - Campeonato municipal de futsal

Dentro das quadras, o que vale é a vitória!

 A postagem de hoje é para quem são amante do futsal Jpenhense e não dispensa aquela velha alfinetada no adversário que enfrentará seu time ou tira aquele velho e bom sarro da cara do oponente que foi derrotado... Em José da Penha, presenciamos esse ano, além de bons jogos, boas rivalidades, umas mais calmas, outras mais violentas e que xingam mais, mas enfim, o que vale é animar ainda mais a partida. Hoje em nossa cidade temos rivalidades mais tradicionais, umas um pouco mais recentes, outras mais sossegadas e também outras mais violentas.

 Para começar a lista, começamos falando de um time que não tem uma rivalidade específica com "certo" time, mas tem rivalidade com relação a localidades. O Independente da vila Major Felipe desde o ano passado vem mostrando sua indiferença contra os times do centro da cidade, no ano passado quando caiu nas semi-finais para o Boca Juniors por 5 a 2, houve confusão e tumultuo na quadra onde se envolveram jogadores e torcida, a confusão só terminou quando a polícia veio a frente do caos e tranquilizou os alterados que participaram da confusão. Neste ano houve mais uma vez um tumultuo envolvendo o time do Independente, só que dessa vez incluiu o River Plate, diferente do ano passado, não houve briga entre os jogadores ou torcida, diferente do ano passado quando foi eliminado pelo Boca, esse ano eles se classificaram em cima do River, mas quase que isso aconteceu e por pouco não gerou uma baita pancadaria...

Independente

  a rivalidade que me refiro neste momento, é bem mais quente que a anterior, falo dos clubes Molecada e 8 de Dezembro, dois times da comunidade da Carnaubinha que não se batem bem dentro das quatro linhas, são duas torcidas numerosas e muito "acesas", quando os times se encontram para disputar uma partida, pode ter a certeza que as farpas vão ser soltas, provocações vão ser geradas e aquelas típicas alfinetadas serão trocadas, e o jogo muito trancado, áspero e com certos lances bem violento, e com muita discussão também, dentro da partida. Jogos quentes e tensos são a marca dessa rivalidade.

8 de Dezembro  x  Molecada

A rivalidade mais tradicional do campeonato municipal é com certeza Boca Juniors e River Plate, vocês podem até me perguntarem o porque de tanto racha entre essas equipes, mas fica fácil saber quando falo do Boca, atual bi-campeão de futsal da cidade e o River Plate, atual bi-vice-campeão do município no futebol de salão, o Boca não demonstra nenhum remorso quando o assunto é favoritismo e sempre soltam suas agulhadas contra os meninos do River, que a dois anos estão engasgados por levarem o "quase titulo" por duas vezes consecutivas, os times quando se enfrentam é certeza de muita gritaria e animação para quem vai assistir a partida dos mesmos, há muitas faíscas dentro da quadra entre jogadores que não tem lá essas intimidades entre si e fazem de toda partida uma verdadeira disputa.

Boca Juniors  x  River Plate
Com essas rivalidades, vemos o quanto o nosso futsal vem crescendo diante dos anos, e isso é bom, pois essas rivalidades fazem com que os times a cada campeonato se empenhem cada vez mais e aumentei o nível do esporte local com bons jogadores e boas equipes, mas um porém muito visto ainda ainda é a falta de respeito de uns com os outros e isso atrapalha muito a competição no quesito de organização, visto que o campeonato foi feito para uma maior interação social entre a população local e não criar atritos entre as comunidades da cidade que é o vem acontecendo bastante no momento. 

Todos tem o direito de se manifestarem, mas que seja com paz e respeito, afinal o esporte foi feito com o principal objetivo de ser jogado e não brigado. Torcedores e jogadores, lotem o ginásio mais uma vez como já vem acontecendo desde sempre e torçam para suas equipes, mas não esqueçam do principal fundamento esportivo. Respeito!
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário