29 de ago de 2013

Aldeir Tôrres - Lamentável

O futebol brasileiro nas mãos dos ‘catraqueiros’
O cenário parece o mesmo de sempre: torcidas rivais que se encontram e como tem rivalidade se atracam nas arquibancadas. Valentões e policias no meio de inocentes que não sabem nem para onde correr. Cenas lamentáveis, tristes e que não tem exatamente os mesmos componentes de outras ocasiões.

A briga entre corintianos e vascaínos teve a presença de um vereador (César Faustino – o Capa), representante da sociedade, homem de confiança de gente o suficiente para o eleger. E ainda a participação de Leandro da Silva, um dos doze (12) detidos em Oruro pela morte de Kevin Spada em março. Leandro se envolveu em uma confusão dezenove (19) dias depois de ser libertado.

Claro que o problema é a impunidade. Quatro pessoas foram detidas em Brasília e já foram liberadas por falta de provas. A fiscalização da polícia seria melhor a ajudaria a responder como alguém que ficou cinco meses preso pode ter dinheiro para pagar viagem para Brasília e ingresso (de pelo menos 160 reais) nem três semanas depois. Ou quem financia essas viagens. E a legislação poderia ajudar a tornar culpado quem financia torcedores que vão para estádios e se envolvem em confusões.

Há várias sugestões de como diminuir os absurdos ocorridos em Brasília. E há também a tentativa da Federação Paulista de Futebol.

A entidade vai distribuir fotografias do vereador Capa e de Leandro da Silva e incluí-los em uma lista de torcedores banidos dos estádios paulistas em um período de noventa (90) dias. Quem controlar e entrada dos torcedores nos estádios terá a missão de reconhece-los e impedir que assistam à partida.

Se o funcionário da catraca não for bom fisionomista? Não há mais nada o que fazer, segundo a Federação. 

Os acontecimentos de Brasília são mais uma oportunidade para discutir torcidas organizadas, despreparo da polícia, planejamento dos jogos e o medo e afastamento do torcedor ‘comum’ das arquibancadas. 

Até aqui, a solução que encontramos é confiar no poder de observação dos ‘catraqueiros’.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário