29 de ago de 2013

Aldeir Tôrres - Segundo IBGE

Natal tem 853 mil habitantes, diz pesquisa do IBGE
Natal é a cidade com a maior população do Rio Grande do Norte. De acordo com estudo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (29), a capital potiguar apresenta uma população de 853.929 habitantes. O segundo município mais populoso do estado é Mossoró, com 280.314 habitantes, seguido de Parnamirim, município que faz parte da Grande Natal, com 229.414 habitantes. Apenas esses três municípios tem uma população maior que 100 mil habitantes. No total, o RN tem uma população de 3.373.960 habitantes, sendo o sexto estado mais populoso do Nordeste.

A pesquisa constatou que quatro dos seis municípios mais populosos do estado ficam localizados na região metropolitana da capital. Na sequência, em sétimo lugar, vem o município de Caicó, na região Seridó do RN.
Entre as cidades potiguares, apenas Natal se encontra no grupo das 20 cidades mais populosas do país, em 19º lugar, a frente apenas de Teresina, no Piauí, com 836.474 habitantes. No RN, a lista dos 20 mais populosos tem em último lugar o município de Extremoz, com 26.677 habitantes, 191 a menos que Areia Branca, o 19º município da lista.
228,4 milhões em 2042
A população brasileira vai alcançar seu ponto máximo de crescimento em 2042, quando chegará a 228,4 milhões de habitantes, e a partir de então vai começar a diminuir. É o que demonstra um estudo divulgado nesta quinta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre a estimativa da população do país. Além disso, a queda da taxa de natalidade e o aumento da expectativa de vida vai triplicar o índice de idosos no país, fazendo com que em 2060 o Brasil tenha dois habitantes com mais de 65 anos para cada criança.

O IBGE estima que a população atual é de 201.032.714 habitantes, vai aumentar para 212,1 milhões em 2020, até alcançar o máximo de 228,4 em 2042, quando começará a decrescer, atingindo o valor de 218,2 em 2060, nível equivalente ao projetado para 2025.

De acordo com o estudo, as mulheres brasileiras terão cada vez menos filhos, e serão mães pela primeira vez cada vez mais velhas. Em 2013, a média é que cada mulher tem 1,77 filho, tendo sido projetado para 1,61 filho em média por mulher em 2020 até atingir 1,5 filho em média por mulher em 2030.
A média de idade das "mães de primeira viagem" atualmente é de 26,9 anos. Segundo o IBGE, este índice atingirá 28 anos em 2020 e 29,3 anos em 2030.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário