22 de ago de 2013

Aldeir Tôrres - Flamengo

Improvisações esquisitas
O Flamengo achou um resultado menos ruim do que merecia no Mineirão, num dia em que o técnico Mano Menezes fez tudo para as coisas saírem erradas. O Cruzeiro venceu por 2 a 1, deixando a possibilidade clara do Flamengo virar a vantagem no jogo de volta no Maracanã.

A improvisação de Samir na lateral esquerda, sob o argumento de formar uma linha de quatro defensores e fechar o lado esquerdo, mostrou-se um enorme equívoco. Nada à vontade na posição, Samir foi constantemente envolvido pelo ataque do Cruzeiro, que criou os dois gols por este setor.

O ataque do Flamengo limitou-se às tentativas individuais de Marcelo Moreno. A insistência com Fernandinho chega a ser incompreensível, quando se tem opções como Nixon e Rafinha, este totalmente esquecido por Mano.

O gol de Carlos Eduardo foi um prêmio ao esforço de Moreno, que acreditou na falha de Dedé. O zagueiro vive uma fase terrível, que mostra porque Felipão não se lembra dele.

Com o placar do Mineirão o Flamengo traz para o Maracanã um novo alento para buscar a classificação. Com a força de sua torcida pode vencer o Cruzeiro e se classificar. Mas Mano precisa ajudar e não inventar formações esdrúxulas. Neste jogo ele chegou a ter dois laterais esquerdos de ofício em campo (João Paulo e André Santos) e continuar jogando com o zagueiro Samir improvisado na posição.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário