29 de ago de 2013

Aldeir Tôrres - Blecaute

Apagão atinge todo o Nordeste
Na tarde de ontem, um blecaute atingiu o Rio Grande do Norte e todos os outros estados nordestinos por mais de três horas. Conforme a Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), a interrupção de energia foi causada por um problema no sistema interligado nacional, de responsabilidade do Operador Nacional do Sistema (ONS).

Segundo a companhia, a interrupção no fornecimento de energia elétrica foi registrada às 15h02. A empresa destaca que por volta das 16h45 foi iniciado o restabelecimento das cargas no Estado e, gradativamente, todo o fornecimento de energia foi regularizado sob a orientação do ONS. Por volta das 19h, 99% do fornecimento de energia no Estado foi restabelecido. 
O apagão que atingiu o Nordeste na tarde de ontem foi considerado de "grande porte" pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf). E segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a carga para a região Nordeste caiu de 10 mil megawatts para 1 mil megawatts às 15h de ontem.

O problema deixou ruas, casas, estabelecimentos comerciais, prédios públicos e hospitais de todo o Estado sem energia. Além disso, a pane atingiu o sistema de telefonia celular e de internet em todos os estados nordestinos, além de gerar transtornos nas estradas e aeroportos. 
Na região Nordeste, o último grande apagão foi registrado em 20 de outubro do ano passado, quando o Rio Grande do Norte e outros 15 estados brasileiros ficaram sem energia elétrica por quase 3 horas.

Queimadas em linhas de transmissão privadas provocaram apagão
De acordo com nota divulgada pela ONS, o apagão de energia que atingiu todos os Estados do Nordeste foi provocado por queimadas em duas linhas de transmissão privadas no Piauí, que fazem a interligação entre o sistema do Norte e do Nordeste.

O primeiro desligamento ocorreu às 14h58 na ligação entre Ribeiro Gonçalves e São João do Piauí. A linha é operada pela IENNE, empresa controlada pela espanhola Isolux. Este circuito foi religado às 15h04, mas houve um novo desligamento, pelas mesmas razões, por volta das 15h06.

Pouco tempo depois, também devido a queimadas, outra linha de transmissão que conecta Ribeiro Gonçalves a São João do Piauí foi desligada às 15h08. Esta linha é operada pela Taesa, empresa controlada pela Cemig.

Diante do problema, houve perda de "sincronismo e consequente separação da região Nordeste do restante do Sistema Interligado Nacional". A perda de carga foi de 10.900 MW, o que provocou o desligamento adicional das seguintes linhas: Presidente Dutra/Teresina, Presidente Dutra/Boa Esperança e Bom Jesus da Lapa/Rio das Éguas.
Ainda de acordo com o ONS, a recomposição da energia foi concluída às 17h30 nas capitais do Nordeste. O serviço foi sendo retomado gradativamente nas cidades do interior. 

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, informou que as causas da queimada - se foi natural ou provocada por ação humana - ainda estão sendo investigadas.

Nota ONS
Às 14h58, ocorreu o desligamento da Linha de Transmissão de 500 kV Ribeiro Gonçalves - São João do Piauí (circuito 2), da IENNE, empresa controlada pela espanhola ISOLUX, devido a foco de calor (queimada na região). Às 15h04, esse circuito foi religado manualmente, tendo havido um novo desligamento pela mesma razão às 15h06.

Às 15h08, também devido à queimada, foi desligada a segunda linha Ribeiro Gonçalves - São João do Piauí (circuito 1), da TAES A, empresa controlada pela CEMIG, configurando uma contingência dupla, que conduziu à perda de sincronismo e consequente separação da região Nordeste do restante do Sistema Interligado Nacional (SIN), havendo perda de carga de aproximadamente 10.900 MW, com o desligamento adicional das seguintes linhas de 500 kV de interligação do SIN com a região Nordeste:

. Presidente Dutra / Teresina Circuitos 1 e 2;
. Presidente Dutra / Boa Esperança; e
. Bom Jesus da Lapa / Rio das Éguas.

Após identificada a origem da ocorrência, deu-se início à recomposição das cargas da região Nordeste, tendo a das capitais sido, praticamente, concluída às 18h30.
Aldeir Torres
Aldeir Torres

Obrigado por visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário